CPI do BNDES: Não votar contra o relatório inicial é votar contra o povo brasileiro, diz Paula Belmonte

Parlamentar também condenou a retirada de nomes de políticos e empresários do rol de pessoas a serem indiciadas no relatório, entre eles o ex-presidentes Lula e Dilma (Foto: Robson Gonçalves)

A vice-presidente da CPI do BNDES na Câmara, deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) fez duras críticas, nesta segunda-feira (21), às manobras de obstrução protagonizadas por alguns parlamentares que evitaram mais uma vez que o parecer da comissão fosse votado no colegiado.

A comissão parlamentar de inquérito investiga irregularidades no banco de fomento no período entre 2003 e 2015.

Paula Belmonte também condenou a retirada de nomes de políticos e empresários do rol de pessoas a serem indiciadas no relatório do deputado federal Altineu Côrtes (PL-RJ).

“A não votação [do parecer] é contra o povo. Porque precisamos mostrar à população que somos a favor do relatório inicial [que trazia uma lista completa de indiciados, entre eles, os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff]. E, quem quiser tirar o nome do indiciado do parecer que mostre o nome que quer retirar. Não tem como não indiciar Lula, Dilma e tantos outros que vimos materialidade e digital destas pessoas”, disse a parlamentar do Cidadania.

Paula Belmonte disse que, entre as manobras usadas na sessão da CPI de hoje (21), houve deputado que estava presente no colegiado, mas não registrou a presença no painel.

“Estamos aqui para defender o povo. É muito triste ver tudo isso acontecendo aqui”, afirmou.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário