Ao repudiar discriminação contra LGBTI, Daniel Coelho destaca política do Cidadania pelas minorias

Líder do Cidadania na Câmara também protestou contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que postou foto em uma rede social usando uma camiseta ironizando o segmento LGBTI (Foto: Robson Gonçalves)

Ao encaminhar voto favorável à emenda à MP 886/2019 que pretendia incluir os direitos das minorias étnicas e sociais e da população LGBTI nas competências do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o líder do Cidadania na Câmara, deputado federal Daniel Coelho (PE),destacou a política do partido em defesa do segmento social.

A MP reformula novamente a estrutura do Poder Executivo, anteriormente tratada pela MP 870/19 (Lei 13.844/19). A matéria, que perde a vigência nesta quarta-feira (16), deve ser votada ainda pelo Senado.

Daniel Coelho também protestou contra a postura discriminatória do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que postou foto em uma rede social usando uma camiseta ironizando o segmento LGBTI.

“Evidentemente que isso é mais uma tentativa de se criar divisão na sociedade e diminuir uma parcela da população. Não é essa a construção de nação que queremos para o nosso Brasil. Esse tipo de postura não corresponde aos ideários defendidos pelo Cidadania”, repudiou.

Daniel Coelnho disse ainda que a emenda, mesmo derrotada pelo plenário, reforça a urgente necessidade de se criarem políticas públicas direcionadas ao segmento populacional.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário