A pedido de Marcelo Calero, Osmar Terra vai explicar ações do governo na Câmara

A comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (02), requerimento do deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) que convida o ministro da Cidadania, Osmar Terra, a prestar esclarecimentos sobre a política cultural da pasta.

O parlamentar pretende, com isso, debater as ações da Secretaria da Cultura e da Ancine (Agência Nacional de Cinema) que, na sua visão, reforçam a tendência antidemocrática do governo Jair Bolsonaro.

“Estamos em 2019 e temos a censura acontecendo”, disse o deputado, que também denunciou o loteamento político do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Ao defender uma moção de repúdio contra o recente discurso do presidente Jair Bolsonaro na 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas, Calero criticou as indicações políticas no Iphan. Segundo ele, “cargos que antes eram comandados por técnicos, agora são ocupados por aliados e afins, sem qualificação”.

“O ministro está, com o beneplácito de todo o governo, loteando o Iphan”, disse.

Ele também citou o cancelamento do espetáculo ‘Carangueijo Overdrive’, que aconteceria no Centro Cultura Banco do Brasil do Rio de Janeiro.

“Por que isso? Por que fala da ditadura que aconteceu no País?”, questionou. 

O deputado se referiu aos ataques contra a atriz Fernanda Montenegro, proferidos pelo dramaturgo e diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, Roberto Alvim.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment