São Gonçalo (RJ) representa estado do Rio em Mapeamento Nacional de gestão pública

São Gonçalo (RJ) foi a única cidade do estado do Rio de Janeiro a ser escolhida na 7ª edição do Mapeamento de Experiências de boas práticas em gestão pública, pelo programa municipal de Saúde da Pessoa Idosa. Organizado pelo Ministério da Saúde e pelo Gise (Grupo de Informação em Saúde e Envelhecimento), do Icict/Fiocruz (Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, o mapeamento é feito desde 2013 e reúne experiências de todas as regiões do Brasil do SUS (Sistema Único de Saúde).

“Mais do que reconhecimento, esse mapeamento nos mostra o quanto estamos no caminho certo do investimento em políticas públicas que zelem pela dignidade e qualidade de vida das pessoas. São Gonçalo é um município muito potente e temos trabalhado muito para que o serviço público de qualidade alcance todas as pessoas!”, afirmou o prefeito José Luiz Nanci, do Cidadania.

Na categoria “Promoção de atividades intersetoriais que beneficiem pessoas idosas por meio da integração do Setor Saúde com: Assistência Social, Direitos Humanos, Educação, Transporte, Ministério Público, dentre outros”, São Gonçalo foi selecionado pelo trabalho realizado no Espaço Avançado de Atendimento à Saúde do Idoso, no Jardim Catarina. Em seis meses de existência, o núcleo que funciona em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Social e a Secretaria de Políticas públicas para Mulher, Idoso e Pessoa com Deficiência, atende atualmente 76 idosos, por meio de planos terapêuticos singulares, que atendam as necessidades de cada um.

Para a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora, o resultado só foi possível devido ao trabalho em conjunto e intersetorial do município.

“É fundamental destacar a importância da engrenagem para a gestão em acreditar que através da intersetorialidade das secretarias, do Ministério Público, do Conselho Municipal de Saúde, do Conselho do Idoso, nós podemos construir equipamentos viáveis a um atendimento digno à população idosa. O cuidado e acolhimento geram autonomia, e isso é fundamental para as pessoas idosas que muitas vezes se veem desacreditadas em si mesmas!”, destacou a subsecretária, quem vai representar o município na premiação em Brasília, no dia 23 de outubro.

O Espaço Avançado conta com quatro tipos de oficinas de saúde: Memória, Inclusão Digital, Cognitiva e Queixa de humor. Essas oficinas têm duração de uma hora e permitem a participação de até quinze idosos. As atividades são realizadas em horários específicos sendo aplicadas a diferentes grupos de idosos.

“É gratificante o reconhecimento do êxito do trabalho realizado e da equipe envolvida, desde a gestão, coordenação, equipe técnica até aos usuários. Incentivo e inspiração estimulam novas práticas voltadas ao idoso no município e pelo país, e precisamos dar ainda mais visibilidade e protagonismo aos idosos do nosso município!”, afirmou Maria Neto, coordenadora do Programa de Saúde da Pessoa Idosa. (Prefeitura de São Gonçalo)

Leia também

Toffoli embanana julgamento do porte de maconha

Presidente do Supremo, Barroso fez questão de esclarecer que o STF considera, “tal como a legislação em vigor”, que o porte e consumo pessoal de drogas são atos ilícitos.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (21/06/2024)

A profissão do brasileiro é mesmo a esperança

Na pesquisa sobre governo Lula, 40% dos entrevistados acreditam que a situação econômica do país vai melhorar, ante 28% que preveem piora.

Encontro G7 na Puglia: um marco histórico de cooperação internacional

Renata BuenoNo último final de semana, a região da...

Jardim preside debate sobre a importância da energia nuclear no cenário global

O deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) presidiu nesta quarta-feira...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!