Congresso não pode dar as costas ao povo, diz Alessandro Vieira em ato do “Muda, Senado”

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e senadores do grupo “Muda, Senado” participaram, nesta quarta-feira (25), na Praça dos Três Poderes, em Brasília, de ato promovido por movimentos sociais em defesa da CPI da Lava Toga, do fim do foro privilegiado e a favor do impeachment de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

No palanque montado a poucos metros do Supremo, com faixas e cartazes pedindo “Lava Toga Já!”, Alessandro Vieira afirmou que “o Brasil só muda de verdade, se mudar na Justiça”. Apontando para o Congresso Nacional, o senador frisou que as Casas Legislativas não podem dar as costas ao povo.

“O fato de estarmos lá naquele prédio, representando nossos estados, como senadores, não nos torna melhores ou maiores que vocês. Precisamos do esforço de cada um de vocês, na sua base, na sua família, na sua rede social”, disse o senador do Cidadania de Sergipe.

“Esse movimento para mudar o Brasil não tem dono, não tem partido, é de vocês”, completou o parlamentar, autor do pedido de instalação da CPI da Lava Toga no Senado.

Leia também

Pautas contraditórias

A pauta dos eleitores perdeu sintonia com a pauta...

Caso Juscelino acende a luz vermelha no Supremo

As “emendas Pix” ou “emendas cheque em branco” foram criadas para dificultar o rastreamento do dinheiro do Orçamento destinado às bases eleitorais dos parlamentares.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (18/06/2024)

O trauma do aborto é um segredo das famílias brasileiras

Foi imediata a reação contrária da opinião pública, pelas redes sociais e nas ruas, à tentativa de criminalizar o aborto de crianças vítimas de estupro com penas de até 20 anos.

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!