#BlogCidadania: #DireitosJá, Democracia sempre, Cidadania urgente!

Um fórum permanente pela democracia: isso é o #DireitosJá, movimento lançado na noite desta segunda-feira, 2 de setembro, no Tuca, o histórico teatro da PUC de São Paulo. Uma frente suprapartidária que nasce reunindo lideranças da sociedade civil e representantes de 16 partidos, claramente inspirada na campanha das Diretas Já e nas lutas pela redemocratização. Assista aqui algumas das manifestações.
 
Hoje os tempos são outros. O povo brasileiro elege livremente os seus representantes – e talvez aí esteja a principal contradição: é o presidente Jair Bolsonaro, seus apoiadores e o seu governo marcado pelo ódio, pelo despreparo e pela incivilidade que voltam a ameaçar a democracia, o estado de direito e as nossas instituições republicanas. Daí a necessidade deste movimento.
 
Estão unidos PT, PSDB, PSD, PV, PSB, PCdoB, PSOL, PTB, MDB, Solidariedade, Podemos, Rede Sustentabilidade, Novo, Democratas, Cidadania… Enfim, o mais amplo espectro de legendas de centro, esquerda e direita, com diferentes posicionamentos e visões de mundo, mas todas elas reunidas em torno de princípios democráticos e do respeito aos direitos fundamentais.
 
É isso que torna possível o diálogo e a união num mesmo movimento de diferentes lideranças como Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), Flavio Dino (PCdoB), Marina Silva (Rede), Roberto Freire(Cidadania), Guilherme Boulos (PSOL), Eduardo Suplicy (PT), Marta Suplicy (sem partido), Soninha Francine (Cidadania), Geraldo Alckmin (PSDB), Antonio Anastasia(PSDB), Eduardo Jorge (PV), Rodrigo Maia (DEM), Márcio França (PSB), entre tantas outras personalidades.
 
Um ato que reúne jornalistas, políticos, artistas, intelectuais, estudantes, professores, sindicalistas, religiosos, advogados, movimentos sociais de negros, mulheres, LGBTs e índios. Que junta do cardeal e arcebispo de São Paulo Dom Cláudio Hummes ao filósofo e sociólogo norte-americano Noam Chomsky, com seus 90 anos de idade e um dos nomes mais respeitados da atualidade.
 
#BlogCidadania23 e o #ProgramaDiferente, como todos sabem, são declaradamente anti-bolsonaristas. Fazemos oposição e críticas substanciais a este desgoverno de lunáticos, ineptos, desqualificados e inimigos da democracia.
 
Em resumo: a nossa divergência com os petistas, com a velha esquerda ou com a política tradicional se dá no campo partidário, político, ideológico, ético, até moral. Mas com esses bolsonaristas, além das discordâncias políticas e ideológicas, temos aversão no aspecto humano, existencial.
 
Não é possível que essas figuras execráveis, asquerosas, repugnantes, saudosas da ditadura e idólatras de torturadores, representem a cara e a alma do novo Brasil que desejamos construir. Precisamos mostrar que somos melhores que tudo isso aí, talquei?
 
Por isso desejamos que esse movimento #DireitosJá prospere e se fortaleça. Todo o sucesso do mundo na luta pelos direitos e garantias fundamentais. E que a oposição unida cresça e apareça.
 
Direitos já, Democracia sempre, Cidadania urgente!

Leia também

Cidadania define critérios de distribuição do fundo eleitoral

A Executiva Nacional do Cidadania definiu neste sábado os...

Nota de repúdio – Não ao PL que criminaliza as vítimas de estupro

A Secretaria Nacional de Mulheres do Cidadania - M23...

M23 de Minas gerais realiza encontro neste sábado

O M23 Cidadania de Minas Gerais realiza neste sábado...

Valdemar é o artífice da aliança com Lira e Pacheco

Quando se olha para o tabuleiro político, o que se vê é a forma eficiente como os aliados do ex-presidente Bolsonaro operam posições estratégicas no Congresso.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (14/06/2024)

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!