Em sessão solene, Carmen Zanotto defende políticas consistentes para pescadores

Neste 6 de agosto, dia em que a Câmara dos Deputados realizou sessão solene para homenagear o pescador, Carmen Zanotto (Cidadania-SC) defendeu políticas públicas consistentes para os profissionais que têm importância significativa para a economia brasileira. O setor produz mais de 760 mil toneladas de pescado por ano.

“Uma luta antiga”

“Precisamos olhar para o nosso pescador como olhamos para o homem do campo. Precisamos, sim, de políticas consistentes, financiamento e reconhecimento desta profissão”, disse a parlamentar no plenário.

Zanotto disse que a luta da categoria para conseguir do Estado melhores condições de trabalho é “antiga” e que o pescador enfrenta risco diariamente, ao buscar o alimento para as famílias.

“Que este momento seja o momento de renovar as esperanças. Porque esta luta não é de agora. É uma luta antiga. O homem que entra para o mar vai buscar o alimento para nos colocar na mesa. É muito fácil ir ao mercado adquirir o produto quando a gente não lembra do sofrimento, dos riscos e das inúmeras vidas perdidas no mar buscando sustento”, acrescentou a parlamentar catarinense.

Carmen Zanotto disse ainda que os profissionais de pesca podem continuar contando com o mandato dela em prol da categoria

Leia também

Pautas contraditórias

A pauta dos eleitores perdeu sintonia com a pauta...

Caso Juscelino acende a luz vermelha no Supremo

As “emendas Pix” ou “emendas cheque em branco” foram criadas para dificultar o rastreamento do dinheiro do Orçamento destinado às bases eleitorais dos parlamentares.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (18/06/2024)

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!