Com voto do Cidadania, Câmara aprova MP da “Liberdade Econômica”

Com o voto do Cidadania, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (13), por 345 votos a 76, a Medida Provisória 881/2019, conhecida como a MP da Liberdade Econômica.

A MP traz uma série de mudanças na legislação para modernizar a relação entre empregador e empregado e restringir a atuação do Estado na Economia brasileira, incentivando a livre iniciativa.

Durante a sessão, o líder do Cidadania na Câmara, deputado federal Daniel Coelho (PE) elogiou a matéria, em razão do “imenso impacto que terá na economia”. Na sua visão, a MP é inovadora, pois “trata inclusive de coisas que não aconteceram ainda, como os aplicativos que serão usados no futuro, para que as relações sejam mais transparentes e modernas”.

“Com isso, só tem a ganhar o Brasil e o Cidadania não vai se furtar a ajudar o País neste momento”, disse, em seu discurso.

Responsável por encaminhar o voto do Cidadania contra a retirada de pauta da MP, o deputado federal Arnaldo Jardim (SP) fez questão de colocar que a matéria retira “a carga burocrática que tem comprometido a capacidade de produção no Brasil”.

Simplificação de regras trabalhistas

Em outra ocasião, o deputado federal Alex Manente (SP) defendeu a simplificação das regras trabalhistas, que poderão “fazer o empreendedor ter “condições de ter agilidade e consequentemente gerar desenvolvimento para girar novamente a roda da economia brasileira”.

“Foi importante tirar os jabutis que existiam e fazer de fato com que essa medida pudesse contemplar o pequeno empreendedor, o microempresário, gerador de renda, e o Brasil, com o fim da burocracia”.

Independência

Em seu discurso, Daniel Coelho aproveitou para destacar que o Cidadania mantém sua independência com relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Mas esta postura, na sua visão, não deve impedir o partido de apoiar as medidas que irão favorecer a retomada do crescimento.

“Nós divergimos do governo em diversos aspectos, mas não vamos fazer disso uma sabotagem contra a economia brasileira. O Cidadania está ao lado do Brasil”, afirmou.

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário