Prévia da inflação em junho fica em 0,06%, a menor taxa para o período em 13 anos

A prévia da inflação medida pelo IPCA-15 ( Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15) deu um alívio em junho ao registrar 0,06%. Os dados foram divulgados, nesta terça-feira (25), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e representa a menor taxa para o período em 13 anos, quando registrou, em 2006, -0,15%.

A taxa registrada em junho também é inferior aos 0,35% de maio. O IPCA-15 acumula inflação de 1,13% no trimestre, 2,33% no ano e 3,84% em 12 meses. A principal causa para o resultado foi a desaceleração da inflação provocada principalmente pela deflação de 0,64% dos alimentos.

Segundo a pesquisa, houve queda no preço do feijão-carioca (-14,99%), tomate (-13,43%), feijão-mulatinho (-11,48%), batata-inglesa (-11,30%), feijão-preto (-8,84%) e frutas (-5,25%). Além disso, a alimentação fora de casa também registrou deflação de -0,33%.

Combustível

Os combustíveis também contribuíram para o resultado de junho registrando queda de 0,67%. A gasolina, que havia tido inflação de 3,29% em maio, acusou uma alta de preços de apenas 0,10% em junho. Já o etanol registrou deflação de 4,57%.

Inflação

Por outro lado, os transportes registraram inflação de 0,25% devido a alta de 18,98% nos preços das passagens aéreas no período. Além disso, tiveram alta saúde e cuidados pessoais (0,58%) e habitação (0,52%). (Com informações do IBGE e agência de notícias)

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment