Projeto de Da Vitória amplia para 3 anos validade de reciclagem para vigilantes

O deputado federal Da Vitória (Cidadania-ES) apresentou ao plenário da Câmara projeto que altera para três anos a obrigatoriedade de cursos de reciclagem para os profissionais da área de segurança pessoal e de escolta armada.

A Lei nº 7.102 que regulamenta os direitos e deveres de profissionais da área da segurança e sua atuação em estabelecimentos determina que a reciclagem seja realizada a cada dois anos.

Na avaliação do deputado, embora sejam imprescindíveis, os cursos de reciclagem para vigilantes, a cada dia, têm se tornado onerosos, principalmente neste momento de crise econômica por que passa o país.

“Sabemos da importância da reciclagem para garantir a excelência do serviço desses profissionais. Mas a crise atual tem acarretado despesas aos cidadãos, em especial aos pretendentes ao emprego. É por isso que propomos essa alteração por mais um ano ”, justifica no projeto Da Vitória.

O parlamentar reforça ainda que a ampliação do prazo de validade para três anos é “adequada”, porque não constitui prejuízo à atividade profissional dos vigilantes.

De acordo com a legislação, para atuar como vigilante são necessários os seguintes requisitos: idade mínima de 21 anos, título de eleitor em dia, pelo menos 180 horas/aula de curso de formação, registro na Polícia Federal e não possuir antecedentes criminais.

Leia também

Negócio milionário por trás da morte de Marielle

NAS ENTRELINHASA economia informal que se forma nos loteamentos...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (28/05/2024) MANCHETES DA...

Frente Ampla Já!

O nazifascismo começa a levantar novamente a cabeça no...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (27/05/2024) MANCHETES DA...

Não há anjos na política, nem mesmo no STF

NAS ENTRELINHASA atuação da Corte é polêmica, seja por...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!