Paula Belmonte quer junta comercial do DF enxuta, ágil e transparente

A deputada federal Paula Belmonte (DF), vice-líder do Cidadania, conclamou, no plenário da Câmara, os deputados do Distrito Federal a criar uma junta comercial enxuta, digital, com transparência e agilidade. A parlamentar encaminhou a votação que decidiu pela transferência do órgão da União para o governo local. A matéria foi aprovada.

“Nós temos oportunidade de fazer algo do zero para que a gente possa simplificar e trazer o setor produtivo. Quando a gente aumenta o custo, quem paga o preço é o contribuinte”, argumentou a deputada. Paula Belmonte não quer que a junta comercial do DF se torne um cabide de empregos.

Leia também

Diplomacia do governo Lula tem dualidade insustentável

Uma política antiamericana no Brasil não tem a menor chance de dar certo, o que não significa apoio incondicional nem alinhamento automático aos EUA.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (21/02/2024)

As dívidas da democracia

Por sorte, dessa vez, o atentado da máfia golpista fracassou devido à incompetência e ao despreparo do líder, um militar da reserva que, por pouco, não foi expulso do Exército por indisciplina na década de 1980.

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!