Cidadania Mulher 23 critica deputado estadual de SC por comentários misóginos

O Cidadania Mulher 23 publicou, nesta sexta-feira (10), nota de repúdio às declarações do deputado estadual de Santa Catarina, Jessé Lopes, do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, por comentários misóginos ao afirmar que “saia e decote” chamam atenção de estupradores. O documento lembra ainda que as mulheres tem o direito de realizar as suas escolhas que precisam ser respeitadas.

“Estamos num momento ímpar de disposição para o enfrentamento e não permitiremos retrocessos, mesmo que venham com posições obtusas ultraconservadoras”, afirma a nota.

NOTA DE REPÚDIO 

Nós, mulheres do Cidadania, ficamos horrorizadas e repudiamos veementemente as declarações do deputado estadual Jessé Lopes (PSL-SC). Ao dizer que saia e decote chamam atenção de estupradores,   o parlamentar ignora completamente as estatísticas da violência sexual. 

Temos urgentemente de acabar com o mito do estuprador maníaco escondido atrás de um matagal esperando a vítima perfeita. De acordo com o Atlas da Violência de 2016, 70% dos casos de estupro registrados o abusador era alguém próximo a vítima e em casos de pedofilia cerca de 53% foram cometidos por pais, padrastos ou conhecidos da família. Por acaso crianças e adolescentes deverão usar burcas para  evitar o abuso dentro de suas próprias casas? 

Estamos lutando para colocar na cabeça do brasileiro que mulheres e meninas têm suas escolhas e têm que ser respeitadas. Parte da luta diária dos movimentos feministas aos quais nos juntamos. 

Estamos num momento ímpar de disposição para o enfrentamento e não permitiremos retrocessos, mesmo que venham com posições obtusas ultraconservadoras.

Secretaria Nacional de Mulheres do Cidadania 
Brasília, 10 de maio de 2019”

Leia também

Diplomacia do governo Lula tem dualidade insustentável

Uma política antiamericana no Brasil não tem a menor chance de dar certo, o que não significa apoio incondicional nem alinhamento automático aos EUA.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (21/02/2024)

As dívidas da democracia

Por sorte, dessa vez, o atentado da máfia golpista fracassou devido à incompetência e ao despreparo do líder, um militar da reserva que, por pouco, não foi expulso do Exército por indisciplina na década de 1980.

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!