Carmen Zanotto classifica de avanço assinatura de portaria para tratamento de atrofia muscular

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC), da tribuna da Câmara, classificou, nesta terça-feira (30), como “avanço” a assinatura de portaria pelo Ministério da Saúde que tornou disponível a pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) o medicamento que trata a Atrofia Muscular Espinhal (AME), tipo 1.

O insumo, Nusinersen (Spinraza), único no mundo recomendado para o tratamento de AME, passou a ser ofertado desde a semana passada pelo Ministério da Saúde.

“Quero registrar os avanços que estamos tendo com a assinatura da portaria, mas a luta e o trabalho para pacientes com outros tipos de AME não se encerraram a partir desta medida. Estes pacientes deverão ser incluídos no tratamento, mas numa outra modalidade, que é da pesquisa clínica. Não dá mais para estas famílias recorrerem a decisões judiciais para acessarem o medicamento”, disse a parlamentar.

Ela lembrou que uma única ampola do Spinraza custa mais de R$ 300 mil.

“São seis ampolas no primeiro ano de tratamento e mais 4 ano no anos subsequentes”, explicou a deputada

Acidente de trabalho

Carmen Zanotto também defendeu políticas públicas para prevenir o acidente de trabalho. No dia 28 de abril, se comemora o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho.

“Precisamos fortalecer esta política pública para evitarmos os acidentes de trabalho. Foram 578 mil acidentes só em 2016”, disse.

Leia também

Há 23 anos Mariluz era palco de um crime político

Era inicio de 2001 e duas mortes ganharam repercussão...

Há 23 anos Mariluz era palco de um crime político

Era inicio de 2001 e duas mortes ganharam repercussão...

Relação de Lula com evangélicos tem duas dimensões

Presidente não consegue atrair o eleitorado pentecostal, embora tenha apoio de setores evangélicos. O fosso está nas questões do aborto e das relações homoafetivas.

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (28/02/2024)

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!