Daniel Coelho critica decisão do governo de submeter peças publicitárias ao crivo do Planalto

O líder do Cidadania na Câmara, deputado federal Daniel Coelho (PE), classificou de “obsessão por aquilo que é lateral e esquecimento do que é essencial” a decisão do governo de submeter ao crivo do Palácio do Planalto todas as peças publicitárias do governo.

A medida veio na esteira do veto do presidente Jair Bolsonaro a uma peça publicitária do Banco do Brasil para aumentar o volume de clientes jovens. O diretor de comunicação e marketing da instituição, Delano Valentim, foi demitido por causa da campanha.

Enquanto há preocupação com a publicidade, diz o parlamentar, “não vimos nenhum plano para melhorar o atendimento aos clientes nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal e nenhuma proposta para o microcrédito, nada que mude a vida do brasileiro”.

Segundo Daniel Coelho, o que se vê é “apenas espuma para criar falsas polêmicas com a agenda conservadora e populista”.

Leia também

Negócio milionário por trás da morte de Marielle

NAS ENTRELINHASA economia informal que se forma nos loteamentos...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (28/05/2024) MANCHETES DA...

Frente Ampla Já!

O nazifascismo começa a levantar novamente a cabeça no...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (27/05/2024) MANCHETES DA...

Não há anjos na política, nem mesmo no STF

NAS ENTRELINHASA atuação da Corte é polêmica, seja por...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!