Carmen Zanotto é eleita procuradora-adjunta da mulher na Câmara

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC) foi eleita, nesta quarta-feira (10), procuradora-adjunta da Mulher da Câmara dos Deputados. A parlamentar obteve 65 votos das 77 deputadas que compõem a Bancada Feminina na Câmara. O mandato será de quatro anos.

A procuradora-geral será a deputada federal Iracema Portella (PP-PI).

A Procuradoria da Mulher é um órgão institucional criado em 2009, pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (MDB), com o objetivo de zelar pela participação mais efetiva das deputadas nos órgãos e nas atividades da Câmara.

A Procuradoria também fiscaliza e acompanha programas do governo federal, recebe denúncias de discriminação e violência contra a mulher e coopera com organismos nacionais e internacionais na promoção dos direitos da mulher.

Leia também

Cachorros, o “cerco e aniquilamento” da cúpula do PCB

NAS ENTRELINHASSeverino Theodoro de Mello, o Pacato, militante histórico...

Resolução 041/2024 – Federação PSDB-Cidadania

RESOLUÇÃO FEDERAÇÃO PSDB CIDADANIA – 041/2024O COLEGIADO NACIONAL DA...

Estupros, a cultura que nasce dentro de casa

NAS ENTRELINHASA ideia de que mulher que se dá...

IMPRENSA HOJE

Veja as manchetes dos principais jornais hoje (19/07/2024) MANCHETES DA...

Informativo

Receba as notícias do Cidadania no seu celular!