FAP convoca monitores da Jornada da Cidadania para treinamento online

Participantes irão otimizar interação entre professores e alunos do curso de formação política e receberão certificado de capacitação

A FAP (Fundação Astrojildo Pereira) convoca os 50 monitores do curso de formação política Jornada da Cidadania para participarem, na próxima segunda-feira (3), do treinamento online de uso da plataforma de educação a distância, com duração de duas horas, das 10h às 12h. A atividade também será realizada na próxima terça-feira (4), das 15h às 17h, para quem não puder participar no primeiro dia ou quiser reforçar o aprendizado. Os participantes receberão da entidade certificado de capacitação.

A plataforma da Jornada da Cidadania deverá estar plenamente adequada à LGPDP (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais). Durante o curso, os monitores terão acesso à plataforma para auxiliar os professores e acompanhar os alunos, estabelecendo contato direto com ambos, a fim de otimizar a interação e aprendizagem dos interessados.

No dia do treinamento, a FAP vai enviar um link pelo qual os monitores terão acesso à capacitação online por meio de smartphone, tablet ou computador. A orientação dos organizadores da Jornada da Cidadania é para que os participantes tenham internet de boa qualidade.

A Lisata Tecnologia venceu a concorrência para fornecimento da plataforma digital de gestão do curso. O sócio-diretor da empresa, Daniel Philip de Moura, explica que o treinamento é baseado em uma apresentação de 40 minutos. O tempo restante, segundo ele, é destinado a tirar dúvidas ou a outros esclarecimentos necessários.

“É uma plataforma completamente intuitiva e bem didática”, afirma.

Antes do treinamento online, a FAP enviará aos monitores um manual que servirá de tutorial para uso da plataforma. O documento será disponibilizado pela Lisata. Nele, segundo Moura, haverá passo a passo de tudo o que os participantes visualizarão diretamente na página do curso da Jornada da Cidadania, durante a capacitação. A FAP é vinculada ao Cidadania. (Cleomar Almeida/Assessor de Comunicação da FAP)