Cidadania em Fortaleza recebe filiações e mostra força e avanço do partido na Capital

Partido recebeu 37 novos filiados, aumentando para 67 o número de pré-candidatos a vereador nas eleições municipais deste ano (Foto: Reprodução)

Em reunião conduzida pelo vereador Michel Lins, presidente do Diretório Municipal do Cidadania de Fortaleza, o partido recebeu, nesta segunda-feira (17), 37 novos filiados, aumentando assim para 67 o número de pré-candidatos a vereador nas eleições municipais deste ano na capital cearense.

O Cidadania manteve a metade dos candidatos da eleição passada e tem feito a construção matemática, com candidatos já testados nas urnas, objetivando eleger de três a quatro vereadores para o quadriênio 2021/2024 na Câmara Muncipal.

No encontro, com a presença intensa das lideranças, ficou claro o momento de força e renovação partidária que o Cidadania vive no Ceará. Diversas pautas com foco nas eleições 2020 foram discutidas entre os presentes, dentre elas, a possibilidade da pré-candidatura do presidente estadual do partido, Alexandre Pereira.

Planejamento

Após o Carnaval, o Cidadania vai promover o seu primeiro curso de formação, de marketing político e digital, e na sequência, em abril, fará um curso de planejamento e estratégia de campanha, com objetivo de preparar e potencializar os pré-candidatos para a campanha eleitoral. (Assessoria Cidadania Fortaleza)

Alexandre Pereira é eleito o melhor secretário de Turismo do Brasil

O secretário de Turismo de Fortaleza e presidente estadual do Cidadania do Ceará, Alexandre Pereira, foi eleito nesta quarta-feira (4), em Belo Horizonte, o melhor secretário de Turismo do Brasil. A premiação foi realizada pelo Ministério do Turismo por meio do Prêmio Nacional do Turismo.

A premiação ocorreu em ocorreu em Belo Horizonte

Para ele, a premiação é o reconhecimento da gestão turística da capital cearense que ela credita ao estímulo de boas práticas administrativas defendidas pelo Cidadania.

“Foi bacana porque fui escolhido entre cinco secretários de cidades iminentemente turísticas como Foz do Iguaçu, Ouro Preto, Bento Gonçalves e do Pantanal Matogrossense que vivem exclusivamente do turismo. Eu era o único de uma capital de três milhões de habitantes e da região Nordeste. Não achava que ia ganhar. Foi bacana também por evidenciar a forma de gestão praticada pelo Cidadania”, disse.

Alexandre Pereira também recebeu outro prêmio devido ao projeto implementado por ele em Fortaleza denominado “Praia Acessível”, projeto que faz banho assistido nas praias da cidade de pessoas com dificuldades de mobilidade e idosos.

Alexandre Pereira defende que próximo prefeito de Fortaleza deverá ser conciliador

O secretário municipal de Turismo de Fortaleza, presidente do Cidadania no Ceará e pré-candidato à prefeito da capital cearense, Alexandre Pereira, falou, em entrevista ao portal do partido, que pretende deixar um legado importante para a cidade. Para ele, o próximo gestor deverá estabelecer um discurso conciliador.

“Tenho sido provocado pelas lideranças locais e pelo partido para este desafio [concorrer à prefeitura]. Vejo isto com muito carinho. Como secretário de turismo tenho trabalhado para deixar um legado importante. O próximo prefeito de de Fortaleza, antes de qualquer bandeira partidária, terá que ter um discurso conciliador e tentar unir essa polarização vivenciada no Brasil”, defendeu.

Para o dirigente do partido no Ceará, um gestor público precisa estabelecer relações entre os governos federal e estadual.

“Um gestor público precisa ter boa relação com o governo federal e estadual. Construir essas relações independente de cores partidárias. Por isso me sinto tão a vontade no Cidadania que também se propões a isso. Partido que prepondera o diálogo e onde os opostos conseguem conviver. Mesmo com discursos acalorados tendem a convergir para algo positivo. Acho que é nessa linha. O novo gestor terá que ter essa característica”, defendeu.

Perfil

Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), Alexandre Pereira é pós-graduado em Gestão Estratégica pelo Instituto Europeu de Administração e Negócios (INSEAD), na França, pós-graduado em Gestão Pública e Privada pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e pós-graduado em Gestão Pública pela Fundação Dom Cabral (MG).

Foi secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, ex-presidente do Centro Industrial do Ceará, ex-presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Ceará e presidente do Conselho Gestor das Parcerias Públicas Privadas da Prefeitura de Fortaleza.