Em encontro com núcleo Evangélico23, Alessandro Vieira ressalta liberdade religiosa

O senador Alessandro Vieira (SE), líder do Cidadania no Senado e pré-candidato do partido à Presidência da República, reafirmou seu compromisso resoluto com a liberdade religiosa no Brasil. A declaração foi dada logo após encontro do parlamentar com o coordenador do núcleo Evangélico23, Eliel Gama, ocorrido no último final de semana.

Considerado um dos parlamentare mais atuantes do Congresso Nacional, e que muito se destacou na CPI da Covid23 do Senado pela coerência e firmeza, Vieira frisou que não aceita qualquer redução dos espaços na sociedade conquistados pelo evangélicos e defendeu o diálogo, sempre, entre a igreja e os governos.

Evangélico23 faz encontro com senadora Eliziane e defende Estado laico

O Evangélico23 realizou na semana passada reunião semi-presencial com a senadora Eliziane Gama para expor algumas ações do grupo, voltadas principalmente às eleições de 2022.

Na reunião, uma unanimidade entre os participantes: o elogio ao desempenho da senadora na CPI da Covid-19, sempre pautado pelo humanismo e na crítica ao negacionismo do governo federal, responsável em grande parte pela morte de milhares de brasileiros.

Vários participantes lembraram que a senadora vem conseguindo demonstrar ao mundo evangélico e à sociedade que é possível defender no Congresso bandeiras sociais e reafirmar a ética sem abandonar os seus mais profundos sentimentos cristãos.

Lembraram ainda que o exemplo da senadora já é acompanhado por igrejas e evangélicos em todo o país, acendendo novas esperanças e mostrando que ser cristão implica amor, tolerância e respeito às diferenças.

Ao agradecer o encontro, Eliziane Gama instou o Evangélicos23 a se espalhar pelo país e a contribuir para a boa política. Disse entristecer-se quando vê algum evangélico fazer sinal de arma com as mãos, muito utilizado por partidários do atual governo.

O coordenador do Evangélico23, Eliel Gama, aproveitou a reunião para reafirmar o compromisso do movimento com o Estado Laico e as liberdades, sem abandonar as convicções bíblicas e cristãs.

Para Eliel, foi exatamente nos últimos 30 anos, com o Brasil gozando de amplas liberdades, que os evangélicos conseguiram crescer no país, criando televisões, emissoras de rádio e ampliando número de templos e de fiéis. Na sua opinião, Estado Laico, liberdade e movimento evangélico precisam andar juntos.

O pastor Eliel também conclamou os integrantes do movimento a disputarem mandatos nas eleições do próximo ano, em todos os estados.

Em encontro com Evangelico23, Eliziane diz que núcleo deve contribuir para boa política no país

O Evangélico23 realizou hoje (quarta, 27) reunião semi-presencial com a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) para expor algumas ações do grupo, voltadas principalmente às eleições de 2022.

Na reunião, uma unanimidade entre os participantes: o elogio ao desempenho da senadora na CPI da Covid-19, sempre pautado pelo humanismo e na crítica ao negacionismo do governo federal, responsável, em grande parte, pela morte de milhares de brasileiros.

Vários participantes lembraram que a senadora vem conseguindo demonstrar ao mundo evangélico e à sociedade que é possível defender no Congresso bandeiras sociais e reafirmar a ética sem abandonar os seus mais profundos sentimentos cristãos.

Lembraram ainda que o exemplo da senadora já é acompanhado por igrejas e evangélicos em todo o país, acendendo novas esperanças e mostrando que ser cristão implica amor, tolerância e respeito às diferenças.

Ao agradecer o encontro, Eliziane Gama instou o Evangélicos23 a se espalhar pelo país e a contribuir para a boa política. Disse entristecer-se quando vê algum evangélico fazer sinal de arma com as mãos, muito utilizado por partidários do atual governo.

O coordenador do Evangélico23, Eliel Gama, aproveitou a reunião para reafirmar o compromisso do movimento com o estado laico e as liberdades, sem abandonar as convicções bíblicas e cristãs.

Para Eliel, foi exatamente nos últimos 30 anos, com o Brasil gozando de amplas liberdades, que os evangélicos conseguiram crescer no país, criando televisões, emissoras de rádio e ampliando número de templos e de fiéis. Na sua opinião, estado laico, liberdade e movimento evangélico precisam andar juntos.

O pastor Eliel também conclamou os integrantes do movimento a disputarem mandatos nas eleições do próximo ano, em todos os estados.