Rubens Bueno é apontado pela 12ª vez entre os 100 Cabeças do Congresso Nacional do DIAP

O deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) foi apontado pela 12ª vez na lista dos “100 Cabeças do Congresso Nacional”. A relação que aponta os 70 parlamentares mais influentes da Câmara e os 30 do Senado é publicada anualmente pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) e a deste ano foi divulgada na última sexta-feira (17/07). Dos 33 parlamentares do Paraná, apenas sete aparecem na lista.

Neste ano de 2020, Rubens Bueno é destacado na pesquisa como formulador de propostas para o país e está seguidamente na lista desde que retornou ao Congresso em 2011. Em 2001 e 2002, ele também figurou entre os 100 melhores parlamentares, o que lhe dá, ao todo, dentre os 16 anos de mandato na Câmara, 12 anos como integrante da elite do Parlamento brasileiro.

O deputado também é, dentro os indicados na lista, o parlamentar paranaense que mais vezes figurou entre os “Cabeças do Congresso”. “Trata-se de mais um reconhecimento do trabalho que realizamos na Câmara sempre visando o bem comum da sociedade, o compromisso com a ética e a responsabilidade com o desenvolvimento do país”, resumiu o deputado.

Definição

Os “Cabeças” do Congresso Nacional são, na definição do DIAP, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades consideradas no levantamento.

Entre os atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo, estão a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

Enfim, é o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo. Neste ano de 2020, a identificação dos parlamentares mais influentes foi dificultada por dois episódios, ambos decorrentes da Pandemia, que levou ao isolamento social. O primeiro foi a adoção do sistema remoto de deliberação, que dificulta identificar os parlamentares mais presentes nas articulações e negociações, já que estas ficam praticamente restrita aos líderes e relatores nesse período.

O segundo foi a não instalação das comissões permanentes da Câmara, instância importante de poder, que ajudava a identificar quem tinha prestígio para ser indicado por suas bancadas para presidir um colegiado temático. Isto, entretanto, não impediu que se chegasse aos parlamentares mais influentes do ano em curso. (Fonte: Assessoria do deputado)

Confira o levantamento completo clicando abaixo:

Cabeças do Congresso

Cidadania-SC enaltece indicação de Carmen Zanotto entre os 100 parlamentares mais influentes do Congresso

Parlamentar foi selecionada como uma parlamentar de articulação e organização (Robson Gonçalves)

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC) figura na 26ª edição de Os “Cabeças” do Congresso” como uma das cem parlamentares mais influentes no Congresso Nacional. A publicação é referência e leitura obrigatória entre parlamentares, autoridades do Poder Executivo, dirigentes partidários, sindicais e empresariais, estudiosos, formadores de opinião e demais interessados no processo decisório no Poder Legislativo.

O DIAP é o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, fundado em 19 de dezembro de 1983, para atuar junto aos Poderes da República, em especial no Congresso Nacional, com vistas à institucionalização e transformação em normas legais das reivindicações predominantes, majoritárias e consensuais do movimento sindical. A metodologia utilizada, os critérios adotados, a ausência de vícios ou preferências na indicação dos nomes, aliados à experiência e seriedade da equipe técnica, são a garantia de tratar-se de um trabalho diligente e criterioso, dotado de alto grau de credibilidade.

Articuladora/Organizadora

Carmen Zanotto foi selecionada como uma parlamentar de articulação e organização, ou seja, que tem excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso.

Conforme o DIAP, muitos deles exercem um poder invisível entre seus colegas de bancada, sem aparecer na imprensa ou nos debates de plenários e comissões. Como interlocutores dos líderes de opinião, encarregam-se de difundir e sustentar as decisões ou intenções dos formadores de opinião, formando uma massa de apoio à iniciativa dos dirigentes dos grupos políticos a que pertencem. Normalmente, têm livre acesso aos bastidores, ao poder institucional e alto grau de fidelidade às diretrizes partidárias ou ideológicas do grupo político que integram. Não são necessariamente eruditos, intelectuais, mas possuem instinto político e o dom da síntese

Dirigentes estaduais emitem mensagens

Ao receber a notícia a prefeita de Fraiburgo, Claudete Gheller Mathias (Cidadania) uma das principais lideranças do Partido em Santa Catarina, fez questão de registrar a importância da parlamentar catarinense, “a Deputada Carmen Zanotto representa para nossa Santa Catarina e para nosso partido Cidadania além de grande articuladora mulher determinada de fibra dedicada incansável e nos enche de orgulho. Obrigada, obrigada Deputada Carmen”, enalteceu a prefeita.

Para o vereador Fabrício Marinho, de Itajaí, 1º Vice-presidente do Cidadania-SC, a Deputada Carmen é atuante e comprometida não só com a região dela, mas com toda Santa Catarina. “Itajaí tem muito a agradecê-la, especialmente nas áreas da saúde, assistência social e habitação. Como vereador, eu me espelho na atuação parlamentar dela”, disse Marinho. Para o vereador Joceli Nazari, de Balneário Camboriú, e 2º Vice-presidente estadual, ao enaltecer merecido reconhecimento nacional da deputada federal Carmen Zanotto, que tem realizado em prol a defesa de política pública fundamental para a vida das pessoas, garantindo o direito de cidadania, expressou-se dizendo: “eu como vereador de Balneário Camboriú tenho muito a agradecer por tudo o que ela tem nos ajudado, principalmente na área da saúde”, destacou.

Já o vereador Maurício Batalha, uma das principais lideranças do Cidadania em Lages, e 3º Vice-presidente estadual do Partido, ao receber a informação publicou a seguinte mensagem: “Como Vereador e representante do Cidadania na Câmara de Vereadores de Lages, é motivo de muito orgulho para todos nós Lageanos, Serranos e Catarinenses, receber a notícia de que a Deputada Carmen Zanotto consta da seleta lista de influenciadores no Congresso Nacional. De fato, o nosso Partido incorpora o espírito de equilíbrio, convergência e coerência no Parlamento, ainda mais quando é reconhecido numa entidade de grande respeitabilidade como o DIAP. Parabéns Deputada Carmen, a Senhora me representa”, finaliza Batalha.

“A Deputada Carmem é um orgulho para o nosso estado. Comprometida com cada cidadão, ela enobrece a figura política, que anda tão desgastada, com sua incansável atuação parlamentar. Ela nos faz acreditar que ainda temos políticos corretos e que lutam pelos anseios da população, além claro de ser mulher ocupando o seu espaço com maestria e provando a todos que lugar de mulher é onde ela quiser”, expressou Talien Stofelli, Secretária Estadual de Mulheres/M23SC. Já a Juventude, J23SC, expressou-se assim: “Carmen Zanotto tem uma sensibilidade e capacidade de articulação ímpar. Desapegada de ideologias e com boas práticas políticas, ela consegue ouvir a população e os parlamentares conduzindo o congresso a pautas realmente importantes para o bem-estar social. Isso reflete diretamente na nossa juventude, que inspirada na sua postura e seus projetos, vem buscando através do debate democrático e da diversidade de pensamento, colaborar com a construção de uma boa política que vá além dessa polarização que vivemos hoje”, enalteceram as jovens lideranças do Cidadania.(Assessoria de Comunicação do Cidadania-SC)

Quatro deputados federais do Cidadania são “Cabeças do Congresso”

Daniel Coelho, Rubens Bueno, Arnaldo Jardim e Carmen Zanotto integram a lista da elite do Parlamento (Foto: Reprodução/William Borgmann)

Quatro deputados do Cidadania integram a lista dos “100 Cabeças do Congresso Nacional” de 2019. O líder do partido na Câmara, deputado federal Daniel Coelho (PE) é estreante na relação e a deputada federal Carmen Zanotto (SC) aparece nela pela segunda vez. O levantamento elege a elite da instituição. O deputado federal Arnaldo Jardim (SP) aparece pela sétima vez e o deputado federal Rubens Bueno (PR) já figura no levantamento há 11 anos.

Bueno foi escolhido para integrar o grupo por sua qualidade de negociador. Já Daniel Coelho foi alçado por causa de seus méritos de articulador organizador, que também impulsionaram Carmen Zanotto para o time. Arnaldo Jardim foi escolhido pela sua habilidade como formulador. O índice é elaborado pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar).

O objetivo do Diap ao fazer o levantamento que elege os cabeças do Congresso é fornecer ao movimento social uma radiografia dos principais interlocutores na Câmara e no Senado. Segundo a publicação, o grupo de parlamentares é o que tem “mais habilidade para elaborar, interpretar, debater ou dominar regras e normas do processo decisório”.