Carmen Zanotto classifica de avanço assinatura de portaria para tratamento de atrofia muscular

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC), da tribuna da Câmara, classificou, nesta terça-feira (30), como “avanço” a assinatura de portaria pelo Ministério da Saúde que tornou disponível a pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) o medicamento que trata a Atrofia Muscular Espinhal (AME), tipo 1.

O insumo, Nusinersen (Spinraza), único no mundo recomendado para o tratamento de AME, passou a ser ofertado desde a semana passada pelo Ministério da Saúde.

“Quero registrar os avanços que estamos tendo com a assinatura da portaria, mas a luta e o trabalho para pacientes com outros tipos de AME não se encerraram a partir desta medida. Estes pacientes deverão ser incluídos no tratamento, mas numa outra modalidade, que é da pesquisa clínica. Não dá mais para estas famílias recorrerem a decisões judiciais para acessarem o medicamento”, disse a parlamentar.

Ela lembrou que uma única ampola do Spinraza custa mais de R$ 300 mil.

“São seis ampolas no primeiro ano de tratamento e mais 4 ano no anos subsequentes”, explicou a deputada

Acidente de trabalho

Carmen Zanotto também defendeu políticas públicas para prevenir o acidente de trabalho. No dia 28 de abril, se comemora o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho.

“Precisamos fortalecer esta política pública para evitarmos os acidentes de trabalho. Foram 578 mil acidentes só em 2016”, disse.