#Suprapartidário: O Rio de Witzel e Bolsonaro matou Ágatha

Milhares de pretos e pobres são mortos no Brasil.

A PM e os governos costumam alegar que os “suspeitos” reagiram.

Têm o CPF cancelado, como gostam de dizer os milicianos virtuais.

Agora eu suspeito que eles não tem como justificar a morte de uma criança de 8 anos que nem CPF tem.

Não deu tempo.

Cancelaram o RG.

Ela não teve nenhuma chance.

E nós não reagimos. Ou só reagimos nas redes.

É muito pouco. Quase nada. É o fim.

PS. Antes que comparem, também sentimos pelos policiais que morrem em serviço. Não deveriam morrer, mas estavam lá conscientes do risco. Ágatha não escolheu ser o destino final da bala de uma sociedade doente. (#Suprapartidário)