Roberto Cavallari Filho: Bolsonaro devorando a pátria

O quadro Saturno devorando um filho é uma das pinturas a óleo sobre reboco de Francisco Goya e pertence, portanto, à série das Pinturas negras. Representa o Deus Saturno na mitologia no ato de devorar um dos seus filhos. A figura era um emblema alegórico do passar do tempo, pois Saturno (Cronos na mitologia grega) comia os filhos recém nascidos de Reia, sua mulher, por temor a ser destronado por um deles.

A outra é a foto Bozo devorando a pátria, que pertence a série Mais de 20 mil mortos por covid-19 no Brasil. E daí? Representa o mito Bolsonaro no ato de devorar um cachorro quente. A figura é um emblema alegórico do modo como o atual presidente tem tratado a pior crise da pátria nos últimos 100 anos.

Pois Bozo se vale da pandemia para aprofundar a inoperância das pastas ministeriais com o intuito de facilitar a desregulamentação, a corrupção, a paralisação da ajuda as pequenas empresas para instaurar o caos, garantindo que não seja destronado por impeachment ou pelo STF.

Roberto Cavallari Filho é mestre em Educação pela Unesp/Marília e doutor em Filosofia com ênfase em Educação pela Universidade Columbia, em Nova York

Postagens Recomendadas

Nenhum comentário ainda, mostre que você tem voz!


Adicione um comentário