No #ProgramaDiferente, os 40 anos da Anistia e a volta do irmão do Henfil

Os 40 anos da Lei da Anistia e a volta do irmão do Henfil: esse é o tema do #ProgramaDiferente (veja abaixo) desta semana. Em uma época que tem muita gente que pretende reescrever a História do Brasil, emplacando a narrativa mais conveniente à sua ideologia, é importante reverenciar a democracia e rever os fatos como eles realmente ocorreram.

Em 28 de agosto de 1979, o então presidente João Baptista Figueiredo concedeu o perdão tanto aos perseguidos políticos (que a ditadura militar chamava de subversivos) quanto aos agentes da repressão. A Lei da Anistia possibilitou o retorno de diversos exilados, entre eles Herbert de Souza, o Betinho, eternizado como “o irmão do Henfil” na canção “O Bêbado e a Equilibrista”, de João Bosco e Aldir Blanc, gravada por Elis Regina.

Realidade Virtual, Inteligência Artificial e Realidade Aumentada no #ProgramaDiferente

O #ProgramaDiferente (veja abaixo) conta a história e revela as novidades da Realidade Virtual, da Realidade Aumentada e da Inteligência Artificial. Quais são os avanços tecnológicos, o que temos hoje em dia e o que podemos esperar para o futuro? Como funciona esse ambiente virtual, criado a partir de um sistema de computadores, capaz de enganar os sentidos do usuário ao induzir efeitos visuais, sonoros e até táteis, obtendo uma sensação de realidade.

Respeitável público, o Ministro da Deseducação Abraham Weintraub no #ProgramaDiferente

O governo Bolsonaro junta um bando de lunáticos com especialistas em coisa nenhuma, provocadores e bajuladores. Tem como dar certo? Qualquer pensamento crítico ou questionamento público é menosprezado, afinal de contas eles chegaram para reescrever a história, lacrar no twitter e no whatsapp e mostrar que agora tudo é diferente porque o governo é de direita, talquei?

Aí o Brasil é obrigado a conviver com um time de mentecaptos, a começar pelo chefe e sua prole, mais a linha de frente de terraplanistas, analfabetos funcionais e ideólogos fugidos do manicômio: Damares AlvesOlavo de CarvalhoEugênio AragãoRicardo SallesAbraham Weintraub e outros dignos de reprovação no exame psicotécnico. 

 
Entre os personagens mais folclóricos e burlescos, o ministro da Deseducação, Abraham Weintraub, merece um capítulo à parte. Aspirante a humorista e showman virtual frustrado, ele aparece de dublê de Gene Kelly numa adaptação vexatória de “Cantando na Chuva de Fake News” a provocador barato dos estudantes e professores que foram às ruas nas manifestações contra o desmonte do setor.
 
“Onde está Wally?”, ele provoca no twitter, com imagens selecionadas para dar a falsa ideia da irrelevância dos protestos. Compara o público com o tamanho da torcida da Lusa, a tradicional e querida Associação Portuguesa de Desportos, chamada pelo deseducador ignorante de Portuguesa Futebol Clube, e que, segundo ele, seria suficiente para “lotar uma frota de Combis” (assim mesmo, Kombi com C).
 
Respondemos no ato: Vamos brincar de “Onde Está Wally” pra achar o Queiroz? Ou os assassinos da Marielle? Ou um ministro equilibrado, capaz e responsável nesse governo de lunáticos do presidente Bolsonaro?
 
Não dá, sinceramente, para tolerar as sandices e asneiras diárias deste desgoverno do meme que virou presidente. Veja abaixo a sequência de postagens do ministro da Deseducação e as nossas respostas:
 
 
Assista aqui um resumo da performance ridícula do ministro Abraham Weintraub e, em seguida, veja alguns artigos e outros vídeos bastante didáticos de tudo o que pensamos do bolsonarismo (e da polarização burra com o lulismo), nesse triste período da nossa história:
 

Socorro! Os idiotas já dominam o mundo virtual!

 

#ProgramaDiferente: Como Nossos Pais

O #ProgramaDiferente desta semana traz o tema “Como Nossos Pais”, reunindo o espírito das duas grandes celebrações deste domingo, 11 de agosto (Dia dos Pais e Dia da Juventude), com o aniversário de 50 anos do Festival de Woodstock, considerado o maior festival de rock´n roll de todos os tempos, e os ideais do movimento hippie (será que ainda resistem hoje em dia?).

Um #ProgramaDiferente com raio gourmetizador

Vivemos tempos insanos da gourmetização de tudo: da culinária, do vocabulário, do comportamento, da vida. O #ProgramaDiferente desta semana (veja abaixo) trata deste novo mundo gourmet. A moda começou com os programas de gastronomia, que hoje dominam a programação das TVs abertas e fechadas, além de fazerem a fama de influenciadores digitais. Parece que todo mundo virou expert em cozinha. Antigamente o Brasil tinha 120 milhões de técnicos de futebol. Hoje são 200 milhões de masterchefs.

#ProgramaDiferente: Liberdade, Igualdade e Fraternidade

Os princípios da Revolução Francesa que nunca saem de moda no Brasil e no mundo

Nos 230 anos da Queda da Bastilha, neste 14 de julho, o #ProgramaDiferente se propõe a refletir como anda no mundo o espírito da Revolução Francesa: Será que Liberdade, Igualdade e Fraternidade são princípios que ainda estão na pauta do dia da política atual?

Neste momento em que governos opressores e retrógrados despontam em diversos países, nunca é demais testar se o slogan revolucionário que se tornou um grito universal de ativistas em prol da democracia liberal e do estado de direito segue ecoando pela voz das novas gerações. (#ProgramaDiferente)

Especial: #ProgramaDiferente no mundo da lua!

Há 50 anos, Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar a Lua, seguido por Buzz Aldrin, ambos astronautas da missão Apollo 11. O foguete Saturno V partiu da Flórida (EUA) no dia 16 de julho e o módulo lunar Eagle pousou na Lua na noite dia 20 de julho de 1969.

Este #ProgramaDiferente (veja abaixo) é especial para todos os terráqueos, lunáticos, extra-terrestres e até terraplanistas e bolsonaristas. Você acredita que o homem foi à lua? Há várias teorias da conspiração. Vamos revê-las com bom humor e a palavra da ciência. (#BlogCidadania23)

Saindo do armário com o #ProgramaDiferente

Na semana da tradicional Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que ocorre neste domingo (23), na Avenida Paulista, e poucos dias depois de o STF (Supremo Tribunal Federal) decidir pela criminalização da homofobia e da transfobia, equiparando essas práticas condenáveis ao crime de racismo, o #ProgramaDiferente (veja abaixo) mostra como os jovens de hoje “saem do armário” e se assumem gays. A relação com a família, com os amigos, com a religião e todo o preconceito que ainda existe.

Cem anos da Ordem DeMolay no #ProgramaDiferente

O #ProgramaDiferente (veja abaixo) desta semana fala dos 100 anos da Ordem DeMolay. Mas o que é isso, afinal? Filosofia? Filantropia? Sociedade secreta? Quem são os jovens brasileiros que participam? O que pensam? Como é esse rito de iniciação maçônica? Tem alguma coisa de conspiração illuminati ou de nova ordem mundial? Por que tanto mistério para quem vê de fora?

Hoje o #ProgramaDiferente é 100% vegano

No Dia Mundial do Meio Ambiente, o #ProgramaDiferente é 100% Vegano (veja abaixo). Mas, afinal, o que é veganismo? Quais as diferenças entre vegano e vegetariano? O que propõem o veganismo? O que os veganos comem? Quem são? Como vivem? É possível um mundo vegano? Na questão da alimentação, faz bem ou mal à saúde? E os animais tem direitos?

Show de horrores do bolsonarismo no #Olhar23

Não tem como tratar com seriedade um governo que não é sério, composto por lunáticos e desqualificados. O #ProgramaDiferente e o #Olhar23 mostram mais uma vez que a realidade do bolsonarismo supera qualquer sátira política. A situação foge do controle. Os ministros parecem ter saído de um programa de calouros (e o Brasil entrado num show de horrores). O próprio presidente não tem a mínima compostura para o cargo. É de causar vergonha alheia em qualquer um.

Tem stand up tragicômico do ministro showman Abraham Weintraub, tem xingamento do fanfarrão Olavo de Carvalho, tem análise do Marco Antonio Villa (demitido da Jovem Pan por criticar o bolsonarismo), tem comentário sensato da deputada Tábata Amaral, tem as sandices da ministra Damares Alves, enfim, tem doido pra conversar com doido. Mas vamos aturar isso tudo até quando? (Blog #Cidadania23)

Os 10 anos da febre do pré-sal no #ProgramaDiferente

O #ProgramaDiferente desta semana fala do petróleo e da febre do pré-sal (veja abaixo). Há 10 anos, a Petrobras realizava a primeira extração de petróleo da camada de pré-sal no campo de Tupi. Mas o que foi aquela febre do pré-sal no Governo Lula, você lembra?

O que é o pré-sal, afinal? Mitos e verdades. A crise do Petróleo. A corrupção na Petrobras. A importância do tema para a eleição e o impeachment de Dilma. Como substituir os chamados combustíveis fósseis por outros sustentáveis?

#ProgramaDiferente e #Olhar23 mostram o Brasil com Bolsonaro: juntos e shallow now até quando?

Em meio à convocação nas redes sociais de manifestações pró e contra o presidente Jair Bolsonaro, o #ProgramaDiferente (veja abaixo) e os personagens surreais do #OLHAR23 aproveitam o clima para perguntar com bom humor e irreverência: Brasil com Bolsonaro, juntos e shallow now até quando?

Depois das reações do presidente chamando de “imbecis”, “idiotas úteis” e “massa de manobra” os manifestantes que foram às ruas em prol da Educação na semana passada, a expectativa é que ainda mais gente se mobilize contra o governo no próximo dia 30 de maio.

Por outro lado, os bolsonaristas estão convocando protestos para o dia 26 de maio que extrapolam o apoio ao presidente e chegam a pregar a invasão do Congresso Nacional e o fechamento do Supremo Tribunal Federal. Pauta estranha com gente esquisita.

O fato é que a confiança no governo está em queda. Muita gente que votou em Bolsonaro já começa a duvidar da sua capacidade de melhorar alguma coisa no país. Com isso, a oposição cresce e aparece. O Brasil segue dividido. A crise está no ar.

Será que maio ainda é o mês das noivas? Descubra no #ProgramaDiferente

Será que maio ainda é o mês das noivas? Descubra no #ProgramaDiferente (além de saber como é ser pai de menina em tempos de empoderamento feminino)

Super alto astral, em meia hora que te coloca pra cima, faz sorrir e melhora a auto-estima de qualquer um, o #ProgramaDiferente de hoje (veja abaixo) é sobre casamento, família, pais e filhos, amor, união.

Vamos descobrir se maio ainda é o mês das noivas e se os brasileiros ainda valorizam um casamento tradicional. Continua sendo o sonho de toda menina encontrar seu príncipe encantado, sua alma gêmea? Criar uma filha mulher é diferente de ter filhos homens? E tem receita para uma vida feliz?